O que é isto? Um mistério impressionante

English Version

EPISÓDIO 5

As imagens que resultam do trabalho diário de cientistas e médicos na Fundação Champalimaud podem ser tão belas e atraentes como qualquer obra de arte. Aos olhos destreinados, estas imagens podem também parecer desconcertantes, mas, se soubermos o que estamos a ver, podem desencadear descobertas, contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos doentes e talvez até alterar a nossa compreensão da realidade.

Cada edição desta série conta com investigadores e clínicos da Fundação Champalimaud a quem pedimos que escolham uma imagem e descodifiquem a sua complexidade. Ao responder à simples pergunta: “O que é isto?” e recorrendo a uma combinação de imagens, som e texto, aprofundamos a nossa compreensão sobre o seu trabalho.

“Será um vidro partido, um relâmpago no céu noturno ou as raízes de uma planta? Ou talvez uma rede de veias, ou os afluentes de um rio? Nada disso: o que estamos a ver é um plano fechado de uma única célula cerebral, ou neurónio, captado através de uma técnica chamada microscopia confocal.

O círculo branco é o corpo celular, o centro de comando de onde irradiam ramos conhecidos como dendrites. As dendrites funcionam como antenas do neurónio. Quanto mais dendrites existirem, mais mensagens o neurónio poderá receber de outras células. Distribuídas ao longo das dendrites estão pequenas saliências – semelhantes a folhas num ramo – que variam em tamanho e forma e constituem pontos cruciais de ligação e comunicação com outros neurónios.

Mudanças no número ou tamanho destas saliências podem estar associadas às contrações musculares involuntárias da Distonia, um distúrbio no qual os músculos se contraem descontroladamente. Estudar estas mudanças no estriado, uma área do cérebro responsável pelo controlo do movimento, em ratinhos com Distonia, poderá ajudar-nos a compreender melhor e, eventualmente, tratar esta desafiante condição.”

Ficha técnica
Ideia original: John Lee
Curadoria e desenvolvimento de conceito: António Monteiro, Carla Emilie Pereira, Catarina Ramos, Diana Cadete, Hedi Young, João Van Zelst, John Lee, Marta Correia e Teresa Fernandes
Fonte (Imagem & Texto): Champalimaud Research Laboratório de Disfunções dos Circuitos Neurais (Alves da Silva Lab)
Guião: Hedi Young e John Lee
Design: Carla Emilie Pereira
Narração: Hedi Young e Marta Correia
Som: João Van Zelst
Tradução: Catarina Ramos
Disseminação: Catarina Ramos

Loading Likes...