Dia do Diálogo Aberto sobre a Experimentação Animal– Get on #BOARD24

English Version

Be Open About Animal Research Day é uma campanha de 24h apoiada pela comunidade biomédica a nível mundial. A Fundação Champalimaud junta-se a #BOARD24 com um conjunto de testemunhos de profissionais, com diferentes backgrounds, que chamam a atenção para a importância da transparência com o público no que respeita o uso de animais na investigação.

“Quando explico aos meus amigos e familiares a rigorosa regulamentação em vigor para garantir o tratamento ético dos animais experimentais, eles ficam surpreendidos.

 É importante que as pessoas saibam que os investigadores que utilizam animais têm de ter qualificações e formação adequadas. Que os projetos científicos são minuciosamente avaliados para garantir que o uso de animais é necessário, benéfico e que nenhum dano desnecessário é infligido. E que os animais são alojados em instalações com elevadíssimos padrões de condições de alojamento.

Acredito que este conhecimento promove a confiança na comunidade e demonstra que a investigação que envolve animais é conduzida de forma responsável e com respeito pelo bem-estar animal.”

Rute Marques
Responsável pelo Bem-estar Animal

 

“Quando equívocos à volta da investigação com animais criam obstáculos aos avanços biomédicos e contribuem para a fadiga de compaixão nos investigadores/técnicos de animais, estar com o #Board24 pela transparência é uma necessidade!

Na Noite Europeia dos Investigadores 2023 na Fundação Champalimaud, eu co-organizei um evento, onde o público pôde falar com investigadores/técnicos de animais, para desmistificar o uso de animais na ciência. Tais eventos ou outros que tenham maior alcance deverão ser encorajados sem reservas.

Como técnico de animais, eu defendo plenamente o #Board24.”

Rodolfo Águas
Gestor de Colónias de Roedores 

 

“Quando sou questionada sobre minha profissão, tenho muito orgulho em dizer que sou Médica Veterinária. As perguntas seguintes geralmente estão relacionadas com a clínica de animais de companhia. Afirmar que sou responsável pela saúde e bem-estar de animais de laboratório (roedores) e que sou realmente apaixonada pelo que faço, deixa as pessoas muito confusas. Contudo, quando explico que sem modelos animais muitos dos avanços da Medicina não teriam sido possíveis, a minha escolha é compreendida.

Aumentar a consciencialização de que os animais de laboratório não sofrem desnecessariamente e que estão sob constante supervisão veterinária é de extrema importância.”

Catarina Carvalho
Médica Veterinário Designada

 

“É frequente receber reações de surpresa pelo facto de dar aos peixes usados em investigação o mesmo nível de cuidado que se dá a um ratinho. Quando dou aulas, seja a crianças ou adultos, sublinho sempre que todos os animais de laboratório merecem o mesmo respeito. É precisamente por sentir compaixão que asseguro que os animais com que trabalho recebem os cuidados adequados. Todas as experiências que se fazem estão incluídas em projetos avaliados ao mais pequeno detalhe, por comissões para o bem estar animal e autoridades nacionais competentes. Os investigadores têm que explicar a necessidade de cada experiência e da utilização de determinado número de animais.“ 

Joana Monteiro
Gestora da Plataforma de Peixes

 

“Embora eu trabalhe todos os dias no laboratório a usar animais, não significa que eu não me preocupe com o bem-estar animal ou que eu seja insensível às questões éticas que se impõem. Na verdade, é o contrário. Não só a legislação europeia tem um conjunto de condutas padronizadas para experimentação utilizando animais para fins científicos, como também existe um debate constante entre cientistas, técnicos, veterinários e legisladores para melhorar o melhor possível essas práticas. Mais ainda, as questões éticas e bem-estar animal são prioridades quando se introduz um estudante à experimentação usando modelos animais. 

Por outro lado, acredito que as questões mais frequentes do público são “Porquê que ainda é preciso usar animais nas investigações? Não se podem utilizar computadores para simular essas experiências?” A razão destas questões provavelmente reside no equívoco daquilo que se sabe sobre as células, tecidos e fisiologia, já para não falar de doenças. Infelizmente ainda estamos longe de conseguir simular a biologia de qualquer animal. Contudo, podemos já utilizar computadores para nos guiarem no desenho experimental e assim minimizar o uso de animais nas experiências num mundo cheio de questões ainda sem resposta.” 

Daniel Nunes
Neurocientista

 

“Uma vez que a investigação animal continua a desempenhar um papel crucial no avanço científico, acredito que a transparência é necessária para dissipar ideias erradas, ao mesmo tempo que celebramos as descobertas feitas, reconhecemos as limitações que encontramos e descobrimos as áreas em que ainda podemos melhorar.

Quando falo com as pessoas sobre animais de investigação, procuro salientar como cada animal é contabilizado e monitorizado, e o quão profundamente as pessoas que trabalham com eles se preocupam com o seu bem-estar. Sinto-me honrada por fazer parte de uma comunidade que prioriza o bem-estar animal e que constantemente procura melhorar as suas vidas. Vamos defender a transparência, go #BOARD24!”

Sara Oliveira
Técnica de Monitorização de Bem-Estar de Roedores

 

“Antes de ser comunicadora de ciência, fui neurocientista 12 anos, durante os quais trabalhei com modelos in vitro (células estaminais) e também com ratinhos. Acho que esta experiência inevitavelmente influencia a forma como comunico sobre investigação animal. Ter conhecimento de toda a formação que o investigador tem que ter para poder sequer começar a trabalhar com animais, todas as guidelines e procedimentos que são tomados, todo o respeito e responsabilidade que é colocado em cada experiência com animais é algo que tento ao máximo que transpareça quando, enquanto comunicadora, partilho com a sociedade os estudos que estão a ser desenvolvido pelos investigadores com quem a minha equipa trabalha.”

Catarina Ramos
Coordenadora de Comunicação, Eventos & Outreach

Loading Likes...